Home / Destaques / As férias de julho já se foram e você passou mais um ano em casa?

As férias de julho já se foram e você passou mais um ano em casa?

Jean Delforno
Coach e Consultor Financeiro

O primeiro semestre do ano já se despediu. Se você não vai conseguir tirar uns dias para viajar, é preciso repensar e investir em um novo planejamento.

O início de todo ano para os brasileiros é marcado pelo pagamento de contas como IPTU e IPVA. Esses são os primeiros objetivos financeiros a serem cumpridos. Logo em seguida, com o retorno das crianças às aulas, o material escolar é a nova conta que vai para a planilha de controle, assim como as inúmeras e frequentes despesas da casa. Com tanta programação sobre onde distribuir o salário do mês, a grande pergunta é: como faz para guardar dinheiro e viajar com minha família durante as férias? Parece um mistério sem solução a cada fim de mês.

De acordo com uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), seis em cada 10 brasileiros (58%) admitem que nunca, ou de vez em quando, se dedicam a atividades de controle financeira. O percentual aumenta para 24% entre os mais jovens. Se não é da rotina se atentar aos gastos excessivos e falta de planejamento, é preciso procurar uma solução prática e inteligente para que o problema seja encontrado para que, em julho, dezembro ou janeiro, exista uma chance de juntar as malas e cair na estrada com a família sem preocupação.

Para o coach e consultor financeiro Jean Rodrigo Delforno, o primeiro passo é ter consciência das contas que estão por vir e não tratá-las como imprevisto, já que é ciente que virão. Programar-se mensalmente para pagá-las e não esperar o prazo de vencimento se aproximar é uma opção. “Fazer uma reserva mensal para esses custos é fundamental, assim como para a programação de viagem nas férias. Planejamento é essencial”, explica Jean. O profissional também esclarece que é preciso ter muita clareza para onde se pretende viajar e o quanto isso vai custar, calculando gastos que vão desde passagem e estadia até refeições, compras, passeios ou seja, despesas em geral. “Determinando bem detalhadamente cada ponto deste objetivo, você terá clareza das metas que precisam ser atingidas mês a mês para realizar a sua viagem”.

Uma das dúvidas mais corriqueiras sobre organização financeira é o método mais eficaz em realizar esse processo. É comum a busca por planilhas online e aplicativos que auxiliem o cálculo de gastos e a distribuição da renda. Segundo Jean, não existe uma forma mágica de controlar seu dinheiro, mas sim a forma mais confortável e que traz resultados. “É importante entender o conceito da organização. Sempre digo que o controle financeiro é 90% a maneira como você se comporta e 10% sobre o quanto você gasta”, diz. “Há clientes que preferem utilizar a técnica do envelope: a cada recebimento de salário. Você separa o valor de suas despesas em envelopes correspondentes a uma despesa sua e quando a mesma vencer é só retirar o valor do envelope e pagá-la. É um bom método de organização”, compartilha Jean.

Planejar uma viagem envolve muito mais do que escolher destino e reservar dinheiro. É preciso trabalhar em cotações para que suas economias sejam bem investidas e não faltem nos momentos necessários, o que pode gerar mais custos. De acordo com Jean, o procedimento de pré-viagem deve ser feito em família, assim como é preciso se atentar aos orçamentos. “Uma viagem mal planejada resulta numa experiência mal realizada. Aquilo que era para ser descanso e diversão pode acabar se tornando um caos e estresse. Então, planejar tudo pode parecer cansativo, mas nada se compara em poder voltar para a casa feliz com sua viagem e sem surpresas no cartão ou na conta bancária”, explica.

A solução parece simples, mas é preciso disciplina e foco. Quanto mais detalhado for o seu planejamento, menor é o risco de ocorrer um imprevisto. Estabelecer uma quantia que será gasta por cada membro é uma ideia a se pensar. Por isso, atente-se. Se não viajou em julho, tem longos seis meses pela frente para planejar uma boa viagem e fazer do seu fim de ano uma experiência única e confortável (financeiramente) para você e sua família.

Veja também

Vacinação antirrábica começa em agosto

Serão mais de 90 postos de vacinação espalhados pelo Centro e nos bairros.  A Secretaria Municipal …

Deixe uma resposta