Home / Capa / Edu Guedes: Gosto mesmo de cozinhar para os outros, não para mim

Edu Guedes: Gosto mesmo de cozinhar para os outros, não para mim

Por Juliana Rangel

Nascido em São Paulo, Edu Guedes, apresentador de TV e chef reconhecido no Brasil, acaba de estrear na RedeTV com o programa Melhor pra Você.

Desde 2001 nas telinhas, o apresentador se diz motivado para iniciar esta nova etapa e que o intuito dele sempre é levar informação de qualidade ao expectador.

Apesar de ter cursado Administração de Empresas na FMU-SP, o gosto pela culinária esteve desde a infância em sua vida, o que o levou a cursar gastronomia, em Bologna, na Itália. “Desde muito pequeno, cresci acompanhando minha avó materna cozinhar. Tenho muitas lembranças de passar horas com ela na cozinha.”.

O chef afirma que o seu maior aprendizado foi, ainda em 2001, no programa Note e Anote, mostrando a culinária de rua e a gastronomia do dia a dia. E antes mesmo de participar do primeiro programa televisivo, Edu Guedes ficara conhecido por trazer a rede de sorvetes Stuppendo, que recebeu muitos prêmios e recebe até hoje.

Na entrevista que concedeu à Q Revista, Edu fala sobre carreira, o que mudou em sua vida após ser pai e também sobre as expectativas em sua nova fase, na RedeTV. Confira:

Para quem cursou inicialmente uma faculdade de administração, é curioso que tenha estudado gastronomia logo após. Como tomou esta decisão?

Desde muito pequeno, cresci acompanhando minha avó materna cozinhar. Tenho muitas lembranças de passar horas com ela na cozinha. Ela preparava de tudo, as massas, molhos, pães…  Adorava ajuda-la. Estudei e me formei em administração de empresas, mas logo que concluí o curso, fui para a Itália estudar gastronomia.

Além de Chef, você hoje é um apresentador nato. Quais as mudanças que aconteceram na sua vida após o seu primeiro programa nas telinhas?

Trouxe maquinário da Itália e montei minha sorveteria Stuppendo. Na época, os sorvetes artesanais de massa eram novidade. Passei a participar de programas mostrando receitas com sorvete. Minha primeira participação foi no programa da Claudete Troiano. Desde então, a frequência de participações aumentou cada vez mais e nunca mais parei. 

Seu sorvete já foi considerado o melhor de São Paulo. Saber que um negócio que criou antes mesmo de ir para a TV deu tão certo é tão gratificante quanto ter atingido a fama?

Com certeza! A melhor gratificação é o reconhecimento pelo seu trabalho. Mesmo antes de ir para a TV, a Stuppendo recebeu muitos prêmios e recebe até hoje.

Hoje você se considera realizado pela carreira que trilhou?

Sou grato por tudo que conquistei, mas ainda tenho muitos sonhos pela frente. Gosto de estar sempre envolvido com projetos novos e sou muito motivado, principalmente pelo público. Não me imagino 100% realizado, pois a todo tempo aprendo algo novo e quero compartilhar com o público para que cada vez mais pessoas possam ter acesso a essas novidades.

Quais as expectativas para esta nova fase na RedeTV? 

Infinitas! Fui muito bem recebido por toda a equipe da RedeTV e estou extremamente motivado a iniciar essa nova fase. Quero sempre poder levar informação de qualidade e através da TV posso estar em contato com o público. É um grande privilégio e uma imensa responsabilidade.

Em almoços de amigos e família cobram muito para você cozinhar suas especialidades? 

Sempre, mas adoro! Gosto mesmo de cozinhar para os outros, não para mim. Fico contente quando as pessoas me pedem para cozinhar e tenho prazer em preparar aquilo que elas gostam de comer ou querem aprender. 

Ser pai mudou muito sua vida pessoal e profissional?

Completamente. Ser pai foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Minha filha Maria está com seis anos e aprendo todos os dias com ela. Ela me mostra todos os dias o amor mais puro que existe, a ingenuidade, carinho e me deixa com aquela preocupação que não tem fim… Com certeza, depois da Maria as prioridades mudaram. 

Qual o segredo para apresentar um programa de variedades junto com gastronomia?  

Acredito que em primeiro lugar você precisa realmente gostar do que faz. Saio de casa todos os dias motivado, busco informações para poder levar conteúdo de qualidade e, apesar de fazer uma culinária todos os dias, me preocupo com a receita, os detalhes, se o público vai gostar e por aí vai.

As viagens que faz inspiram você a criar novas receitas?   

As viagens sempre me inspiraram. Tanto no Brasil como fora, cada Estado e cada País apresentam imensa variedade de ingredientes e temperos. Sempre aprendo muito com as viagens e busco adaptar as receitas para que se tornem viáveis, pois muitos ingredientes são difíceis de serem encontrados.

 Qual a sua visão sobre a gastronomia atual no Brasil?  

Infinita! De uma riqueza que temos a oportunidade de estar sempre criando e inovando nossa culinária. No nosso país temos climas e solos variados, o que nos permite a diversidade de produtos.

Veja também

Encontro de Carros Antigos de Itatiba

No dia 20 de Agosto acontecerá mais uma edição do tradicional Encontro de Carros Antigos …

Deixe uma resposta