Home / Destaques / Exposição vegana “Animal Sente” ocupa espaço Dito Pinhá até final de Agosto

Exposição vegana “Animal Sente” ocupa espaço Dito Pinhá até final de Agosto

Conjunto de desenhos e fotografias, além de uma jaula, convidam público a refletir sobre proteção animal


Na noite de 15/08, foi inaugurada mais uma exposição na Câmara Municipal de Itatiba. Até 31/08, das 9h às 17h, o Espaço Dito Pinhá da Câmara recebe a mostra “Animal Sente”, sobre veganismo. As obras foram criadas pelos artistas e ativistas Nana Índigo, Bruno Monteiro e Diego Naropa, da Companhia Dente de Leão. São vinte painéis com desenhos e fotografias, juntamente com uma jaula interativa, na qual é possível ouvir uma poesia sobre o tema.
Em nome do trio, Nana agradeceu pelo evento. “Gratidão profunda pela presença de vocês. Que a mensagem nunca fique em só quem recebe. Que nós sejamos capazes de proliferar e espalhar sementes. Que possamos sair daqui com uma consciência de amor e de compaixão por todos os animais”.
“O trabalho que vamos conhecer aqui vai muito além da arte, pois mexe com a nossa consciência acerca da proteção da natureza e, principalmente, dos animais. Hoje, Itatiba recebe pela primeira vez uma exposição que nos faz refletir sobre como estamos nos relacionando com o meio ambiente e o que podemos mudar nesta importante relação”, disse a segunda-secretária da Câmara, Leila Bedani, representando o presidente Flávio Monte.
Nesta quarta-feira (16), às 19h, haverá palestra sobre veganismo no Teatro Ralino Zambotto. O evento é gratuito e aberto ao público. Haverá, ainda, no dia 15 de outubro, uma feira vegana no Parque da Juventude.

Sobre os artistas
Nana Índigo é natural de Mogi das Cruzes, mas está há três anos em Itatiba. É escritora, bailarina e artista plástica. Para a mostra, ela selecionou algumas de suas expressões mais pertinentes ao tema, a fim de despertar o respeito pelos direitos dos animais.
Bruno Monteiro é pianista, natural de Bragança Paulista. Em parceria com sua mulher, compõe e canta a luta abolicionista animal. A linha de pensamento da exposição, bem como a trilha sonora, é de sua autoria.
Diego Naropa tem 13 anos e iniciou no ativismo animal aos 11, quando criou o canal do Youtube Mini Vegano. O garoto, filho de Nana, expressa-se com fluidez nos desenhos, tendo um traço próprio e conferindo ao movimento ativista um tom infantil, bastante compreendido pelo público.

Veja também

58ª Edição – Valentina Herszage

Valentina Herszage A nova promessa da Globo para o mundo!

Deixe uma resposta