Home / Destaques / GERIATRIA

GERIATRIA

Dr. Santiago - Especialista em Geriatria e Psicossomática - CRM 83759
Dr. Santiago – Especialista em Geriatria e Psicossomática – CRM 83759

É chagada a hora de cuidar dos idosos!

Q Revista: Dr. Santiago, o que é Geriatria?

Dr. Santiago: Geriatria é uma especialidade medica reconhecida pela Organização Mundial de Saúde, Conselho Federal e Regional de Medicina, onde o médico recebe o título de especialista para cuidar do processo de envelhecimento do indivíduo e do idoso.

Q Revista: Como surgiu a Geriatria?

Dr. Santiago: Com o controle da natalidade em todos os países e métodos diagnósticos para doenças cada vez mais eficazes, medicamentos e tratamentos em evolução contínua e melhores, a população mundial passou a envelhecer mais e, com isso, veio a necessidade da medicina encarar um novo indivíduo: o idoso.

Até os anos 50, a perspectiva de vida do indivíduo não passava (em média) dos 40 anos de idade. Hoje, em determinadas populações do mundo, já falamos numa perspectiva de 90 anos ou mais.

Q Revista: Só o médico de Geriatria está autorizado a cuidar de idosos?

Dr. Santiago: Na verdade, assim em como todas as especialidades médicas (pediatra, ginecologista, cardiologista e etc) o médico que opta por cuidar dos idosos, após sua formação médica, faz uma pós graduação em geriatria, em serviço especializado e validado pelo CRM.

Porém, existem outra profissionais “não médicos” (psicólogos, enfermeiros, fisioterapeutas e outros) que também procuram uma formação para o cuidado com o idoso. Esses são os chamados “Gerontólogos”.

Q Revista: Quando procurar o médico Geriatra?

Dr. Santiago: Todo ser vivo passa pelo processo de nascer, se desenvolver e morrer. Do nascimento do indivíduo até os  25 anos, todos passarão por um processo de desenvolvimento dos diferentes órgãos e sistemas. Dos 25 aos 35 anos, existe um platô de tempo onde o indivíduo não desenvolve mais, porém, não perde nada neste período. Dos 35 anos em diante, iniciamos o processo que chamamos de “degenerativo”, onde passamos a diminuir, perder e a desfazer tudo aquilo que até então estava em construção ou estático. Aí se inicia o trabalho do medico geriatra, naquilo que chamamos de “Geriatria Preventiva”.

Q Revista: Seria essa a fase dos remédios, vitaminas e reposições de suplementos?

Dr. Santiago: Não! O primeiro princípio da geriatria é: quanto menos remédio, melhor.

Esta é a fase de sinalizarmos os antecedentes familiares do indivíduo e as doenças que aconteceram com seus familiares próximos. Realiza- se exames preventivos dos órgãos e sistemas de acordo com o histórico de cada um.

Q Revista: Porque a Geriatria vale a pena?

Dr. Santiago: O idoso, normalmente no seu processo natural de envelhecimento, procura inúmeros profissionais para cada situação que lhe venha aparecer. Nesse período é frequente em nosso consultório recebermos indivíduos tomando uma quantia exagerada, abusiva e inadequada de medicamentos, dado ao fato que cada especialidade prescrever duas ou mais drogas para tal. Somado a todos esses medicamentos, o idoso passa tomar inúmeras drogas, muitas vezes com interações medicamentosas errôneas (não combinam uma com a outra) e cheias de efeitos colaterais para aquela idade.

O médico geriatra é um coordenador especializado para que o indivíduo se mantenha bem diagnosticado, tratado, medicado com a “mínima quantidade de drogas”.

Q Revista: Quais são os resultados que o médico geriatra procura?

Dr. Santiago: Se o nosso paciente conseguir a proeza de ter muitos anos de vida com extrema qualidade, então atingimos o nosso objetivo.

Para saber mais:
Centro de Geriatria & Psicossomática Itatiba
Dr. Carlos Alberto Santiago
Rua Carmo Palladino, 38, Centro – Itatiba/SP
Contato: (11) 4487-1627 / 9 9501-0990

Veja também

21ª Festa de São Pedro

A Tradicional Festa de São Pedro aconteceu nos últimos dias 21, 22 e 23 de …

Deixe uma resposta