Home / Bem estar / Melasma – Conheça e aprenda como evitar
Banco de Imagens

Melasma – Conheça e aprenda como evitar


As manchas de pele escuras e acastanhadas são chamadas de melasmas e algumas de suas causas prováveis são a exposição errada ao sol, alterações hormonais e envelhecimento. Independente da causa, essas manchas são incuráveis, porém podem ser tratadas se tornando quase imperceptíveis.
Segundo a dermatologista Fernanda Sanchez, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) ainda não se sabe exatamente porque pessoas com os mesmos hábitos desenvolvem o melasma e outras não. “Os hormônios e a predisposição genética são provavelmente os maiores culpados pela produção excessiva de melanina em determinadas regiões do rosto, pescoço e colo. Assim, é comum que grávidas e mulheres fazendo uso de anticoncepcional desenvolvam o problema”, explica. “Mulheres entre 20 e 50 anos são mais suscetíveis a terem melasma do que os homens”, completa a especialista.

Controle
De acordo com a dermatologista, o tratamento do melasma é ingrato. Demora muito pra ter alguma melhora e basta pegar um pouquinho de sol novamente que ele volta. Para evitar esse problema, separe tempo e dinheiro todos os anos, de preferência no inverno, pra cuidar do melasma. “Em consultório, os tratamentos mais modernos usam lasers como Spectra ou Revlite, Microagulhamento com substancias clareadoras e antioxidantes e peelings químicos. O cuidado em casa também é importantíssimo pra manutenção. O ácido retinóico e a hidroquinona inibem a produção de melanina e controlam a coloração do melasma”, explica Fernanda Sanchez.

Não deixe aparecer
Caso você tenha propensão a ter melasma, deve ter cuidado em dobro para que não surjam novas manchas. “Inclua de vez o protetor solar na sua rotina do dia-a-dia, aplicando pela manhã e fazendo reaplicações ao longo do dia. Quanto maior for o FPS, melhor e filtros com cor protegem mais que filtros sem tonalizante”, recomenda a especialista que ressalta: “Não adianta usar o protetor apenas ao se expor ao sol, uma vez que o melasma também pode aparecer por conta de luz artificial”.

A culpa não é só do sol
Além da exposição ao calor, fatores como cigarro, estresse e má alimentação estimulam o aparecimento dessas manchas. Do calor nem sempre dá pra fugir, mas parar de fumar e criar um hábito alimentar saudável só depende de você.

Maquiagem amiga
Esconder o melasma é uma das maiores preocupações de quem sofre com o problema. Para isso, Fernanda Sanchez sugere investir em protetores solares com cor para o dia e em uma base fluida pra noite. Nas manchas, recomenda-se usar um corretivo no tom exato da sua pele.

Serviço | Clínica Dermatológica Dra. Fernanda Sanchez
Telefone: (21) 3566-0722 / 99612-5094 | Site: www.fernandasanchez.com.br

Veja também

Avenida Cel. Peroba recebe alterações na próxima semana

A partir da próxima segunda-feira, dia 23 de outubro, a mão de direção no trecho …

Deixe uma resposta