Home / Bem Casados / O casamento dos sonhos
Foto: Tony Duque

O casamento dos sonhos

Casal decide inovar no dia do “Sim” e contam como foi organizar, por conta própria, a cerimônia de união na cidade de Trancoso.

Marina e Luiz Fernando formam não apenas um casal apaixonado, mas também um casal corajoso. Isso porque, ao decidirem se unir de vez, ambos foram atrás de todos os detalhes, sem ajuda profissional, para realizar o casamento em Trancoso, na Bahia.
Uma história tão bonita que vale a pena ser contada por nós da Q. O mais legal é que o casal ainda dá algumas dicas para quem deseja fazer o mesmo, já que a tarefa não é fácil e demanda bastante paciência. Acompanha com a gente:
“Nós sempre pensamos em fazer um casamento mais íntimo, sem aquelas centenas de pessoas. Apenas os amigos mais próximos. E, como a gente gosta muito de praia, sempre desejamos que o casamento fosse realizado no litoral. Justamente por isso, de tempos em tempos, nós pesquisávamos algumas opções que seguissem nessa linha.
Nós estávamos passeando, de férias, em Trancoso, na Bahia, até que avistamos uma pousada, com uma praia deserta e pensamos: aqui seria o local ideal para fazermos nosso casamento. Foi aí que nós entramos para conversar com o pessoal da pousada e lá eles nos deram todo o apoio necessário para que a gente pudesse realizar o casamento.
Foi quando voltamos para Itatiba e começamos a pensar em tudo. Nosso casamento foi todo organizado por nós. Aprendemos fazendo mesmo, na prática. Fizemos uma cerimônia para 20 pessoas, procuramos passagens, fomos atrás de outras pousadas para hospedar as pessoas (pois a que estávamos continha apenas 7 quartos). Até a decoração fomos nós que fizemos, não contratamos nenhum profissional para isso, nem o cerimonialista. Nós fizemos tudo mesmo.


Quem nos ajudou com o cerimonial foi a Renata Peron, que é uma amiga querida de infância e ela foi a responsável pela cerimônia do nosso casamento. Além disso, ela esteve conosco desde o início do nosso relacionamento, então ela pôde acompanhar tudo bem de pertinho.
Nossos convidados ajudaram muito. Como nós levamos os itens de decoração daqui, cada um ficou com uma mala e, lá em Trancoso, também nos ajudaram na organização. Enquanto eu me arrumava, todos iam fazendo alguma coisa para a festa.
O cardápio que oferecemos também foi adaptado por nós e tinha bastante opção, algo bastante refinado, algo que não seria possível financeiramente se tivesse sido aqui e para mais pessoas.
Como o casamento foi de manhã, acabou chovendo. A boa notícia é que logo depois o tempo abriu, o sol saiu e fez um dia lindo para a gente. Por isso, para quem vai casar assim, uma dica é ter sempre um plano B, em situações controversas, como foi o nosso caso. O tempo abriu, mas se tivesse chovido o dia todo, teríamos que casar dentro da pousada. Então, é sempre bom levar o fator tempo em consideração.
Outra coisa importante está ligada aos convidados. Nem sempre todos poderão ir. Alguns precisam trabalhar, outros não dispõe de condições financeiras e isso é bem comum. Então, nada de mágoas.
Conheça os lugares antes. Fale com o gerente do local e, se possível, visite o espaço para não cair em armadilhas e ter que pagar mais caro pela festa e cerimônia”.
Quer saber mais sobre a história do casal aventureiro? Então, acesse o nosso canal no YouTube – Canal com Q – e veja, na íntegra, como tudo aconteceu e inspire-se.

Veja também

Viajando grávida: saiba quais os cuidados para viajar de avião

A blogueira e consultora de viagens, Lala Rebelo dá dicas para as gestantes viajarem com …

Deixe uma resposta