Home / Destaques / O Líder Coach não tem seguidores. Ele forma novos líderes.

O Líder Coach não tem seguidores. Ele forma novos líderes.

Não falamos de chefes, mas sim de líderes. O crescimento saudável da organização acontece quando as atividades são delegadas, somente assim existirá o crescimento de todos os níveis dentro da organização.

Os motivos que levam os líderes a evitar de delegar uma tarefa são inúmeros. Os que eu mais ouço em meu dia a dia é que o resultado do trabalho não é tão bom, então os líderes optam por fazer em lugar de ensinar. Sentem que “perdem” tempo ensinando, e fazer torna-se mais rápido e produtivo.

Mas afinal, qual é o papel do líder? Executar ou ensinar?

E se você respondeu “ambos” em sua mente, é um sério candidato a se tornar um bloqueador do crescimento da sua empresa.

O papel do líder é ensinar para que então ele possa delegar. O que mais vemos são líderes que “delargam”, ou seja, passam uma ordem, largam que seja feita e se sentem frustrados ao descobrirem que não foi realizada com o padrão de qualidade e produtividade que se poderia alcançar.

Mais que tecnologia e execução da tarefa, o líder precisa entender de pessoas, pois são elas que irão executar. A delegação envolve uma série de passos simples a serem seguidos que trarão resultados para a atividade.

Avaliar o grau de dificuldade da tarefa, o nível de desenvolvimento da pessoa, acompanhar passo a passo, dar feedback em cada etapa, comemorar as vitórias, focar no resultado, porém ainda hoje nos deparamos com líderes que querem ir ao “pódio receberem medalhas”, mas se esquece que que “sobe no pódio “ é a equipe.

Ser líder é saber que seu foco será em ensinar a equipe, motivar a equipe a focar em resultados, acompanhar cada etapa, lançar novos desafios e, no final, serão reconhecidos pelo sucesso alcançado.

O líder recebe seu funcionário que veio trazer uma dúvida. Ele pode dar a resposta para ele e, no dia seguinte, voltará com novas dúvidas. Mas, assim o líder tem a ilusão de deter o conhecimento e o poder. Sua equipe não irá crescer, não se desenvolve, mas não fazem nada sem perguntar a ele, então o poder continua com ele.

O líder poderá receber esta mesma pergunta e ensinar o funcionário a raciocinar sobre o tema, extraindo as consequências. Por outro lado, o funcionário saberá que é capaz de resolver as situações e a equipe deste líder irá amadurecer e crescer. Ela será cada vez mais será menos dependente do líder, que terá que buscar outras atividades para seu dia a dia, pois sua equipe cresceu e ele também deverá sair do acomodamento e buscar seu próprio crescimento.

PARA SABER MAIS:

Carmen Vera Rodrigues de Souza
Psicóloga, Coach e Especialista em Formação de Líderes.
www.iparh.com

Veja também

Itatiba aparece em Ranking Brasileiro pela 1ª vez e se destaca em desenvolvimento econômico, social e infraestrutura

Itatiba conquistou várias posições de destaque no cenário brasileiro em 2018. A pesquisa considerou no …

Deixe uma resposta