Home / Bem estar / Óxido Nitroso na odontologia

Óxido Nitroso na odontologia

Renata Leoni Borella CRO:67933

Especialista fala sobre os benefícios e explica porque o método é um dos mais seguros para pacientes

Ir regulamente ao dentista é algo necessário, mas que nem sempre é uma tarefa fácil para alguns pacientes. O medo é um fator determinante para que muita gente deixe de fazer a verificação e os tratamentos necessários para a saúde bucal.

Por isso, alguns especialistas optam por oferecer a sedação consciente com o Óxido Nitroso, conhecido popularmente como o “gás do riso”.
A dentista Renata Leoni Borella, de Itatiba, explica: “A sedação com óxido nitroso é o que chamamos de sedação consciente, ou seja; o gás age relaxando o paciente enquanto o anestesia, mas sem que ele perca a consciência e possa reagir aos estímulos”.

Mas, afinal, por que o método é utilizado durante procedimentos odontológicos?

Ainda segundo a dentista, o receio ou até mesmo o trauma que algumas pessoas podem ter de ir ao consultório, podem ser amenizados com a utilização do Óxido Nitroso. “ Para muitas pessoas, o medo de ir ao dentista pode ser um obstáculo severo, principalmente para crianças e adultos que têm algum tipo de trauma ligado ao consultório odontológico, ou em adultos que tenham este tipo de fobia do dentista, medo de agulhas e anestesia, ou qualquer tipo de ansiedade antes de algum procedimento odontológico”.

A vantagens da utilização do gás para os pacientes são várias. Com ele é possível gerar efeito imediato, mas, ainda assim, o dentista tem total controle da sedação, podendo reverter a mesma a qualquer momento com a utilização de oxigênio.
Além disso, outra vantagem importante é que esse procedimento é tido como um dos mais seguros quando o assunto é a sedação.

“Na prática clínica, existem muitas crianças imaturas e ansiosas ou pacientes com comportamento físico e/ou metal que não cooperam durante o tratamento odontológico. Como alternativa para o manejo desses pacientes utiliza-se a sedação consciente. Antes do processo, o paciente é orientado e, quando necessário, para procedimentos cirúrgicos previamente medicado. A orientação se dá em torno de todo o procedimento, deixando claro ao paciente quais as indicações e tudo que esta envolvido com o mesmo”, ressalta Renata.

 Para quem ainda tem dúvidas sobre o assunto, a dentista destaca que qualquer paciente com estado de saúde geral estável pode ser submetido ao processo de sedação consciente, não havendo assim contraindicações relativas. “Deve haver precaução, apenas, no caso de pacientes resfriados ou com sinusite, com dificuldade de comunicação, obstrução do trato respiratório, doentes obstrutivos crônicos e paciente mentalmente instáveis. A sedação é contra indicada para pacientes que dependem de respiradores bucais, já que não há como inalarem o gás”, finaliza.

Para saber mais:

Essenzialle Borella odontologia e saúde Renata Leoni Borella
CRO-67933
Rua Antônio Busca, 177 – JD. Santo Antônio
CEP 13252-340 – Itatiba/SP
Tel.: (11) 4524-7653

Veja também

Duas histórias e uma só vontade: vencer!

Atletas itatibenses contam suas trajetórias mostram o que é ter foco, força e superação Em …

Deixe uma resposta