Home / Destaques / Trânsito terá esquema especial para os ‘Farrapos’

Trânsito terá esquema especial para os ‘Farrapos’

carnaval - farrapos (1)

A exemplo de 2013 e 2014, a Prefeitura de Itatiba oferecerá uma área especial em frente ao Parque Luís Latorre para a concentração do bloco carnavalesco conhecido como Banda dos Farrapos. Um plano especial de trânsito foi montado para atender tanto os ‘Farrapos’ quanto os moradores da região e mesmo aqueles que querem frequentar o Parque sem participar do bloco. A Banda dos Farrapos já anunciou seu encontro anual que será no sábado de Carnaval, dia 14 de fevereiro.

O Secretário de Cultura e Turismo, Profº Luís Soares de Camargo explica que ao contrário de anos anteriores, hoje o loteamento conhecido como Reserva Santa Rosa, que fica ao lado do Parque Luís Latorre, já conta com dezenas de moradores. Por isso, não será possível fechar o trânsito nas vias laterais do Parque como ocorreu em 2013 e 2014. “Haverá interrupção do trânsito em uma das pistas da Av. Prefefeito Erasmo Chrispim. A via que margeia o Parque ficará livre e destinada ao trânsito local dos moradores. Na altura da Praça ‘Cidade de Toro’ haverão cancelas controladas por agentes de trânsito que permitirão apenas a movimentação de veículos dos moradores do condomínio e/ou frequentadores do Parque”, detalhou o Secretário.

Tradicional na cidade, a Banda dos Farrapos é um bloco espontâneo, sem responsáveis legais. Em respeito aos seus integrantes, a Prefeitura disponibilizará banheiros químicos e delimitará um espaço para que todos possam se divertir. “Pedimos a compreensão dos foliões, mas devemos manter parte das pistas livres para emergências, sendo este também um direito dos moradores do condomínio”, lembrou o Secretário. A estrutura preparada pela Prefeitura estará disponível para os foliões das 10h às 17h.

Veja também

Exposição vegana “Animal Sente” ocupa espaço Dito Pinhá até final de Agosto

Conjunto de desenhos e fotografias, além de uma jaula, convidam público a refletir sobre proteção …

Deixe uma resposta