Encontre empresas, produtos e entretenimento


Categoria: Saúde, Beleza
‘Primeiras Braçadas’: projeto promove inclusão social por meio do esporte
16/03/2020   Projeto Social Saúde, Beleza & Bem-Estar Esporte
 Postado por:   QRevista

Pessoas com deficiência física, intelectual, visual e múltipla encontram na natação mais que uma prática de bem-estar em Itatiba

Quando o esporte encontra a autoestima, toda conquista é uma medalha de ouro. Nisso o projeto “Primeiras Braçadas”, grupo de natação multidade idealizado e mantido por voluntários em Itatiba, tem muito a celebrar.

Coordenado pelo professor de Educação Física Eduardo Perrone, o “Primeiras Braçadas” atende hoje cerca de 80 alunos, sendo 40 pessoas com deficiência, desde paralisia cerebral, amputadas, paraplégicas, tetraplégicas e com Síndrome de Down. A outra metade de alunos é formada por idosos com mais de 60 anos, que participam de aulas semanais de hidroginástica com objetivo focado na qualidade de vida.

Desde a criação do projeto, há seis anos, a meta é fazer da piscina o ponto onde todos, divididos pelas suas peculiaridades, são iguais e capazes de competir. Os treinos acontecem semanalmente realizados em piscinas oficiais da academia Na Ativa, parceira da iniciativa. A participação é gratuita e voltada à sociedade – o aluno ou interessado não precisa estar ligado a uma escola especial ou ONG.

Projeto para incluir – Em 2013, os irmãos nadadores Thomás e Thales Capeletto de Oliveira vislumbraram o projeto de incentivo à natação como ferramenta de inclusão social para um segmento muitas vezes esquecido quando se fala em competição esportiva: as pessoas com deficiência!
Auxiliados pelo amigo de longa data - o professor Perrone, que os acompanha desde que começaram a nadar, há mais de 30 anos – os irmãos chegaram às educadoras Heloisa Pereira Pancotto e Bruna Bredariol, que naquela época faziam mestrado na área. Elas deram forma ao projeto e se tornaram professoras. Heloisa ainda hoje segue com aulas, tendo como colaboradores Danilo Marcotriggiano do Nascimento e Gabriel de Moura Palladino. Patrocinado pela iniciativa privada de Itatiba e tendo como grandes apoiadores a empresa DryAll, a academia Na Ativa e o incentivador Marcelo Augusto dos Anjos, o projeto tem garantido os recursos necessários para manutenção dos treinos.

Conquistas – As medalhas são fruto da dedicação e do esforço dos participantes do “Primeiras Braçadas”. Elas somam dezenas nesses seis anos e vêm de importantes competições regionais -, e começaram já nos primeiros tempos de projeto. A princípio, a ideia do “Primeiras Braçadas” era despertar para recreação. Mas o potencial de disputa logo despontou em alguns participantes. Já no primeiro ano e com apenas três nadadores, vieram as primeiras medalhas nos Jogos Regionais e classificação para os Jogos Abertos de 2015. Neles, com uma equipe melhor estruturada, vieram mais medalhas e a 4ª colocação na classificação geral entre as equipes PNE (Portadores de Necessidades Especiais).

Neste 2019, a equipe Primeiras Braçadas voltou para Itatiba com um expressivo resultado após a 63ª edição dos Jogos Regionais da 4ª Região Esportiva do Estado de São Paulo, realizados em julho na cidade de Americana –SP. Foram 24 medalhas, de ouro, prata e bronze, seja nas categorias individuais ou nos revezamentos. Uma marca expressiva numa única e importante competição. Entre as outras principais competições, destaque para torneios regionais e para o Troféu Guilherme Guido, em que competem representando a cidade de Itatiba.

 Projeto de Inclusão da Pessoa com Deficiência 
“Primeiras Braçadas”

Onde: Semanalmente, na Academia Na Ativa (Endereço: Av. Guerino Grisotti, 405, Bairro do Engenho, Itatiba/SP).

Quando: Aulas às segundas-feiras, pela manhã e à tarde; quartas-feiras de manhã; quintas-feiras à tarde e nas sextas-feiras à tarde (inclusive a aula de hidro.)

Como participar: Procurando pelo professor Eduardo Perrone, nos dias de aulas. É feita entrevista prévia para avaliação de acordo com as regras do projeto. As aulas são gratuitas.

Como ter longevidade?
16/03/2020   Saúde, Beleza & Bem-Estar
 Postado por:   QRevista

Como faço pra ter uma vida longa? Essa é uma pergunta recorrente. E claro que a primeira resposta seria a de não morrer cedo, certo? É importante enfatizarmos que a longevidade sem qualidade de vida pode não ser uma coisa tão gratificante. Então, perguntamos: o que você tem feito para ter uma vida longínqua e saudável?

Bons hábitos são fundamentais e algumas práticas podem fazer toda a diferença. Para isso é imprescindível a prática de exercícios físicos regulares, boa alimentação, uma boa hidratação e eliminar substâncias nocivas (cigarro, drogas ilícitas, excesso de álcool).

Quem não gostaria de chegar aos 100 anos consciente, independente, sem dores e feliz? Uma dica muito bacana é não parar. Mexa-se!!!! Acorde de manhã com o objetivo de sentir-se útil. Regue flores, dê alimento aos bichos, ouça e cante sua música predileta, admire a paisagem, faça um trabalho voluntário e reúna-se com os amigos. Trabalhe sempre independente de retorno financeiro. São coisas simples, mas que tem um impacto muito importante, pois gera uma sensação de prazer e autoestima positiva.

O ser humano é um ser social. Não conseguimos viver bem só dentro de nós mesmos. Leonardo da Vinci dizia: “A vida bem preenchida torna-se longa.” Então, conheça pessoas novas, converse com o carteiro, com a atendente da padaria e com o garçom. Faça amizade na fila do banco, no ponto de ônibus e em todos os lugares que passar. A gente tem que sair do casulo e se permitir!

Que venha pra você e pra mim os nossos cem anos recheados de saúde e felicidade!

 Centro de Geriatria & Psicossomática Itatiba 
Dr. Carlos Alberto Santiago - CRM 83759
ESPECIALISTA EM em geriatria e psicossomática
Rua Senador Lacerda Franco, 495 - Centro - Itatiba/SP
Tels.: (11) 4487-1627 / 9 9501-0990

Ótica Bonon Charbel
16/03/2020   Saúde, Beleza & Bem-Estar
 Postado por:   QRevista

A maneira mais inteligente de comprar óculos

Foi-se o tempo em que o cliente comprava óculos apenas por variedade ou qualidade, hoje isso é obrigação de quem está vendendo. Não se trata de investir em óculos de grandes grifes, mas sim passar conhecimento e sabedoria sobre as lentes usadas pelos clientes. Por esse motivo, a Ótica BononCharbel trabalha com as melhores lentes do mundo e faz questão de mostrar a cada um, de forma particular, os benefícios que cada lente traz à saúde visual.

“Acredito que estudar é a solução. Por isso, minha equipe é bem treinada e capacitada para oferecer sempre o melhor aos clientes. Hoje em dia isso parece óbvio, mas existem muitas óticas pouco capacitadas a oferecer um serviço e produtos de qualidade. E se tratando de saúde visual, isso se torna imprescindível. Exijo sempre competência e conhecimento de especialistas da minha equipe, quero sempre que o cliente tenha clareza e saiba a qualidade do produto que está comprando”, diz Felipe Bonon, proprietário da loja.

A BononCharbel participa ativamente de ações com instituições carentes da cidade de Itatiba, proporcionando conforto e qualidade visual àqueles que não possuem condições. “É gratificante saber que podemos levar a mais pessoas conforto e qualidade visual”, diz dra. Milena Charbel, médica e proprietária da loja.

Sobre a Ótica Bonon Charbel
Fundada após 6 anos de pesquisa, a ótica foi inaugurada em Itatiba, com o objetivo de ser diferente e mostrar ao cliente uma forma sábia de comprar óculos. Daí o slogan: “A maneira mais inteligente de comprar óculos!”

Localizada no centro da cidade, em um ambiente aconchegante e moderno, a ótica teve todos os detalhes desenvolvidos exclusivamente pelos donos, para que o local fosse acolhedor e confortável para os clientes. E com esse pensamento, a ótica BononCharbel conduz seu destino de maneira verdadeira e fiel, fortalecendo a cada dia sua marca e identidade.

 BononCharbel 
Rua Francisco Glicério, 142 - Centro - Itatiba/SP
Telefones: (11) 4594-5251 / whats: (11) 99956-5577
Insta/face: @bononcharbel
e-mail: contato@bononcharbel.com.br

Wandda’s Fashion Hair reinaugura em Itatiba
16/03/2020   Saúde, Beleza & Bem-Estar
 Postado por:   QRevista

 

Wandda’s Fashion Hair está de cara nova! O salão de beleza teve sua reinauguração no dia 5 de novembro e está ainda mais sofisticado e requintado. Se você procura serviços de qualidade, profissionais sempre atentos às novas tendências, produtos que primam pela excelência. e um ótimo atendimento, esse é o lugar certo para você.

Wandda’s Fashion Hair oferece, há mais de 40 anos, serviços ligados à área de beleza: cabelo, maquiagem, maquiagem air-brush, podologia, pedicure, manicure, depilação, massagem e estética, serviços para noivas e madrinhas, entre outros. E agora conta com um novo layout, proporcionando um ambiente ainda melhor. “Nós queríamos dar uma cara nova para o salão, e ao mesmo tempo nos adaptarmos aos novos tempos. Todos somos hoje muito antenados, principalmente às redes sociais, e as clientes que fotografam as nossas produções têm on line fotos lindas! Esse é um espaço pensado para elas, queremos que elas se sintam bem, se sintam em casa!”, diz Ana Candida Gava, cabeleireira, maquiadora e sócio-proprietária do Salão.

A semana da inauguração contou com várias ações diferentes para as clientes, como diagnósticos de cabelo, novas técnicas, produtos que seguem tendências naturais e sustentáveis, e também algumas surpresas. A Equipe Wella também esteve presente no primeiro dia dessa semana de reinauguração para fazer uma consultoria com as clientes, indicando os produtos corretos para cada tipo de cabelo, analisando estilos, personalidades, e também dando dicas de como fazer um home care ideal para cada cliente e seu biotipo.

 Wandda’s Fashion Hair 
Aproveite nossas promoções seguindo Salão Wanddas nas redes sociais. Siga através do Instagram:
@salao.wanddas @wanddas.baroneza
Facebook Salão Wandda\'s
Whats: (11) 98531-4549
Tel.: (11) 4894-8014
www.wanddas.com.br

TERAPIA EMDR:
04/02/2020   Saúde, Beleza & Bem-Estar Moda
 Postado por:   QRevista

“O paciente não necessariamente precisa falar sobre seus traumas, a não ser que queira”

Todos nós carregamos traumas psicológicos os quais não nos sentimos confortáveis em expô-los nem ao melhor amigo. Com a técnica EMDR, o paciente pode tratar seus traumas tendo um grande proveito na terapia mesmo sem a necessidade de se expor completamente, a não ser que realmente queira.

Muitas vezes o paciente está cansado de falar sobre o que aconteceu ou tem vergonha. Na terapia com EMDR, a exposição pode ser reduzida, porque o importante é “processar”.

MAS O QUE É EMDR?

Trata-se de uma técnica de psicoterapia relativamente nova projetada pelos psicólogos para reduzir traumas, ansiedade, sintomas depressivos ou para melhorar o funcionamento global de saúde mental. O EMDR, sigla em inglês que quer dizer “Reprocessamento e Dessensibilização por meio de Movimentos Oculares”, tem se mostrado extremamente eficiente no tratamento de inúmeros problemas psicológicos e emocionais e dores crônicas especialmente relacionadas a eventos traumáticos.

A técnica promove a ativação de mecanismos do cérebro por meio da estimulação sensorial bilateral (ocular, auditiva e ou tátil). Este tratamento só poderá ser aplicado por um psicoterapeuta certificado em EMDR.

QUAIS SÃO OS PASSOS DA TERAPIA EMDR?

Primeiramente o psicólogo analisa a história do cliente e avalia a sua prontidão para o EMDR. Durante a fase de preparação, o psicólogo trabalha com o cliente para identificar uma memória positiva associada a sentimentos de segurança ou de calma que poderá ser usada, caso surja sofrimento psicológico associado à memória traumática. A memória do alvo traumático para a sessão de tratamento é acessada através da atenção fornecida para a imagem, a crença negativa e as sensações do corpo.

Exercícios são realizados onde o paciente atende a uma tarefa motora enquanto se concentra na memória traumática alvo em primeiro lugar e depois em todos os pensamentos negativos relacionados, associações e sensações corporais. A tarefa motora mais comum usada em EMDR são os movimentos dos olhos que seguem o dedo do terapeuta, no entanto pode ser alternado por toques na mão ou tons auditivos através de fones de ouvido.

Os exercícios são repetidos até que o cliente não relate mais nenhuma angústia emocional. O terapeuta de EMDR, em seguida, pede ao cliente que pense em uma crença positiva em relação ao incidente e se concentre nessa crença positiva, continuando com os exercícios.

Os exercícios terminam quando os relatos do paciente em relação aos acontecimentos passados e traumáticos forem de confiança, confortáveis e demonstrem um sentimento positivo.

 PARA SABER MAIS: 
Vera Maria Rezende de Paula
RP 06/120103
Psicóloga Cognitivo Comportamental
Certificada em EMDR
A terapeuta também atende online pelo site www.terapiadebolso.com.br, através de plataforma segura criptografada e certificada pelo CFP.
Contato: (11) 99902-9996 whats

A CRIANÇA INTERIOR FERIDA
04/02/2020   Saúde, Beleza & Bem-Estar
 Postado por:   QRevista

A nossa infância, foi permeada pelo autoritarismo e desencontros emocionais; aprendemos tanto sobre português, matemática, geográfica, química..., mas, não  aprendemos  sobre nós mesmos, sobre sentimentos e emoções.! Não fomos ensinados a nomear o que sentíamos, pois, a criança não era vista; ela apenas estava ali, de acordo com as nossas conveniências.  E  quantas vezes,  fomos negligenciados, tivemos nossos desejos invalidados; principalmente o desejo de amor, de acolhimento, reconhecimento  e de pertencimento.

E ao longo de anos, fomos capazes de nos anular, para engolir o choro, a dor, a angústia, a vergonha, o medo, a culpa e tantos outros sentimentos, que sequer sabíamos que existiam; afinal, quando estávamos frustrados, com raiva, e algo acontecia; nosso choro irrompia em torrentes de fúria, tínhamos era medo; pois ouvíamos: “se chorar, vai apanhar”! Como assim?? Se estávamos fragilizados e carentes, não podíamos nem chorar? E assim, fomos criados;  engolindo nossas emoções ou correndo para a cama e abraçando o travesseiro, pois ali era o lugar quente, o único que poderia nos acolher.

Não somos vítimas e nem culpados, simplesmente somos, somos seres humanos; e por isto, temos emoções, que não são boas ou ruins, existem para nos ensinar, para que aprendamos a nos autorregular; para que não estejamos reféns da montanha russa emocional!

Quem traz uma criança interior ferida, acaba ferindo também; pois,  não fomos ensinados a gerenciar nossas emoções e aprendemos que algumas são feias, e quando elas surgem, nos sentimos pior ainda; daí acionamos o chicote da punição, e neste ciclo, vamos construindo a nossa jornada, acumulando lixo emocional, que  fica escondido, sob uma grande proteção; normalmente uma carapaça forte, de algum personagem que trazemos da tenra infância. E nos tornamos adultos, disfuncionais, com medos, vergonha, culpa, insegurança e escassez em todas as áreas.

Não nos ensinaram a lidar com as frustrações e muito menos com a temida raiva; e fomos engolindo sapos e desprezando os alarmes naturais,  que o corpo emite; e desta maneira seguimos resolutos, confiantes que somos fortes e duros , realmente somos, duros até demais.

E quando nos tornamos mães/pais,  a dureza nos quebra,  através dos filhos.  E com eles, vem a dor de não saber lidar com a dor alheia, de não saber conversar;  afinal, o grito sai num rompante só,  e entre choros, ranger de dentes, castigos e palmadas....seguimos repetindo padrões.  E o nosso choro engolido, durante anos, hoje está dilacerando a nossa própria alma; já não sabemos como agir, pois, os nossos filhos trazem as nossas sombras;  e através deles, temos também a grande oportunidade de reconstruir esta história, de sair da alcova, para assumir o papel de adulto auto responsável e escrever uma jornada da criação consciente,  através da empatia, disciplina positiva, comunicação não violenta e respeito ao pequeno e grande ser, chamado criança; que não será mais ferida, mas acolhida, amada e respeitada em sua totalidade; para crescer segura de suas capacidades e habilidades. A cura da nossa criança interior ferida, é a cura da humanidade; pois,  vamos entregar adultos responsáveis ao mundo!

Quer conhecer  mais sobre este tema, agende uma avaliação gratuita.

 PARA SABER MAIS: 
Isolda Rodrigues
Coach de Mulheres, Materno Infantil e Consultora Parental
Whats: (11) 98791.7007
Insta: @maevencedora
face: Isolda Rodrigues

 

1 2