Encontre empresas, produtos e entretenimento


Categoria: Cultura
Peregrinação: um ato de fé rumo a Aparecida
16/03/2020   Cultura Religião
 Postado por:   QRevista

Segundo o dicionário, peregrinação é a jornada a lugares santos ou de devoção. Porém, mais do que isso, é um ato de fé e alegria que diversos grupos católicos fazem rumo ao templo sagrado de Nossa Senhora Aparecida. Em Itatiba, esse ato acontece desde 2008 e, este ano, contou com 46 pessoas, entre caminhantes e apoio.

“A peregrinação é um ato de fé e caridade, onde muitas pessoas que fazem parte do nosso grupo fizeram promessas e querem cumpri-las. Já outros vão pelo amor e devoção a Nossa Senhora Aparecida”, afirma Luciana Marin Leite, peregrina do grupo de Itatiba. Ela também explica que o trajeto é feito pelas estradas de terra, passando pelas fazendas e pelo Vale da Mantiqueira, onde é possível refletir e orar diante a natureza.

A saída é de Itatiba, sempre na sexta-feira que antecede o dia 12, em que se comemora o dia da padroeira do Brasil. Depois, os peregrinos passam por Jarinu, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões e Piracaia, onde fazem a primeira parada para descanso. “No domingo seguimos destino a Joanópolis, fazemos o nosso segundo pouso e em seguida partimos rumo a São Francisco Xavier, onde dormimos mais uma noite. No próximo dia vamos para Monteiro Lobato, local que marca a metade da nossa peregrinação. Fazemos uma próxima parada em Tremembé e em seguida passamos por Pindamonhangaba para mais um descanso antes de chegar em Potim, última cidade antes do destino. Depois, logo cedo partimos rumo a Aparecida, onde dormimos para descansar e assistir à missa do sábado, antes de retornar para Itatiba” conta Luciana.

Ao longo dos 7 dias de peregrinação, a reza do terço é elemento sagrado todos os dias, assim como o momento de adoração com poesias, músicas e amor. Luciana conta que existem pessoas que estão no grupo desde o início e que estão de portas abertas para quem quiser participar nos anos seguintes. “Trabalhamos no esquema de lista de espera pois muitas pessoas querem participar do nosso grupo, então fizemos algumas regras. Por exemplo, quem participa desse ano de 2019, tem lugar garantido para 2020. Entretanto, nem todos estão disponíveis na data todos os anos, o que faz com que desistam e liberem vaga para outros que estão na nossa lista de espera”, diz.

Aos que querem participar desse ato de fé, Luciana afirma que são momentos únicos e mágicos, que trazem reflexões sobre a vida com seus altos e baixos e que quem participa uma vez sempre quer voltar.

1