Encontre empresas, produtos e entretenimento


Por que é tão importante trabalharmos as emoções?
  Data de publicação: 16/03/2020     Categoria(s): Saúde, Beleza & Bem-Estar
 Postado por:   QRevista

Nos dias atuais podemos observar que, de maneira geral, em sala de aula, nas redes sociais, nos programas de televisão, com quem conversamos, que a fala é sempre a mesma: a dificuldade dos pais ao lidarem com os filhos, principalmente na questão do não, da repreensão, birras, teimosia e na educação de modo geral.

As crianças são influenciadas pelas mídias e a educação básica primordial para o desenvolvimento tem ficado para trás em meio a tanta correria dos pais nas necessidades da sobrevivência. As conversas, os bate papos, as interações das famílias estão sendo trocados pela tecnologia e cada vez mais vemos filhos desatentos, sem interesses nos estudos, crescendo sem estrutura familiar. E como resultado crescem adolescentes sem perspectivas, sem ânimo, sem vontades para enfrentar a vida, o mercado de trabalho e as questões pessoais.

Segundo Denise Brunelli, neuropsicopedagoga institucional e arterapeuta clínica, é muito importante destacarmos que é na infância que são estabelecidas as formações de redes neurais através das relações de afeto, seja com os pais, familiares ou amigos, pois é nesse período que acontecem as novas sinapses que vão contribuir para o desenvolvimento do equilíbrio emocional da criança. Hoje a Neurociência tem contribuído muito com estudos que relacionam as emoções positivas ou negativas no processamento das informações e na consolidação das memórias que vão interferir no aprendizado da criança.

“Precisamos estimular as crianças a se emocionarem com sua infância. Resgatando as comemorações, vivenciarem o mundo da fantasia, Papai Noel, Coelhinho da Páscoa… É preciso que esta fase seja vivida, pois a maturidade emocional se forma com a fantasia”, afirma
Atualmente, no mercado de trabalho, há uma grande necessidade de pessoas fortes, decididas, que saibam tomar decisões rápidas, se relacionar bem com o outro e contribuir para o desenvolvimento da empresa.

Com o intuito de resgatar as brincadeiras e construir relações e emoções, Denise criou a Oficina das Emoções, espaço para as crianças falarem, expressarem seus sentimentos e entenderem o que são, por meio de dinâmicas preparadas para essa fase da infância.

Através de história e por meio da arte, as crianças dão vida às emoções que surgem. Além disso, as situações conflitantes vão ganhando espaço e se desenrolando.

Por fim, Denise afirma que é muito importante ajudar os pequenos a desenvolver suas habilidades cognitivas, emocionais e sociais a fim de que elas se tornem adultos, pensantes, fortes emocionalmente e preparados para os enfrentamentos do dia a dia. “Para que possam agir com inteligência no momento que precisarem tomar decisões e que estas os façam melhores e mais saudáveis emocionalmente. E assim, encontrem os seus pontos fortes, desenvolvam suas potencialidades e contribuam para que sejam felizes e realizados consigo mesmo” finaliza.

 Para saber mais: 
Denise Brunelli
Neuropsicopedagoga Institucional e Arterapeuta Clínica
Face: Denise Amaral Leite Brunelli


Galeria de Fotos