Encontre empresas, produtos e entretenimento


La magia dell’Italia (A magia da Italia)
  Data de publicação: 07/10/2020     Categoria(s): Turismo
 Postado por:   Alessandra Nardim

O que fazer na Itália no mês de outubro?

A temperatura é mais fria e os dias mais curtos, mas o mês de outubro ainda é possível curtir o calor da Sicília, como as manhãs frias da Região do Trentino, que para nós brasileiros é como o inverno :-).  Tudo dependerá daquilo que se procura e quanto tempo se há a disposição para viajar.

No mês de outubro, inicia a mudança das cores das folhas, das árvores, que vão do ouro aos tons mais escuros de vermelho, oferecendo cenários e contrastes únicos. Um espetáculo natural que vale a pena uma viagem.

Esse fenômeno da mudança da natureza se chama foliage.

O que significa foliage?  É um termo em inglês que significa folhagem, embora, na realidade, seja cada vez mais usado para indicar cores outonais, uma característica de mudança na natureza que se verifica todos os anos no outono, quando as folhas das árvores mudam de cor e começam a cair.

Para poder viver ou seja apreciar o fenômeno Foliage, temos que nos distanciar das cidades, e procurar bosques, parques e áreas onde cultivam-se videiras.

Na Região do Piemonte: O Oasi Zegna, um parque natural de acesso livre estendido por cerca de 100 Km2 entre Trivero e o Vale Cervo, nos Alpes Biella no Piemonte, nasceu em 1993 como um desenvolvimento natural do “pensamento verde” de Ermenegildo Zegna.

http://www.oasizegna.com/it/

Nos territórios Langhe, Roero e Monferrato, sempre no Piemonte, nas províncias de Alessandria, Asti e Cuneo o fenômeno foliage pode ser apreciado pelas colinas repletas de vinhedos e dopo uma lunga caminhada visitar uma adega para degustar os vinhos piemonteses. E hoje, dia 10 de outubro, inicia a Feira Internacional das Trufas Brancas (tartuf bianchi) na cidade de Alba, provincia de Cuneo e dura até o mês de novembro.
E se você é curioso como eu, não perca na próxima semana a matéria sobre o "Tartufo".


Na Região do Valle d’Aosta:

Parque Nacional Gran Paradiso - Valle d'Aosta

Os bosques dos Alpes Graie no Parque Nacional Gran Paradiso mudam de cor dando vida ao fenômeno da folhagem. Quais árvores podem ser admiradas? Castanheiros, avelãs, choupos e cerejeiras de cor dourada.


Na Região da Toscana

As Florestas Casentinesi, na província de Arezzo entre final de outubro e início de novembro, é uma das mais belas experiências que você pode ter. Aqui você pode admirar as faias e carvalhos.


Mas se o teu papo é outro, as temperaturas de outubro em Palermo, na Sicília são realmente convidativas: no máximo 23 ° C e no mínimo 18 ° C, e lembrando que Palermo é a capital do Street Food, o que pode ser a combinação perfeita para uma próxima viagem.

E a outra alternativa é viajar através a procura de arte. A Itália é um dos países com mais concentração de arte do mundo e o que não falta são lugares para visitar. E nada melhor que fugir das temperaturas frias e mergulhar em um tour de beleza artística.

Firenze, que para a Unesco, é a cidade “símbolo do Renascimento”. O próprio nome do Renascimento deve suas origens a um artista e estudioso que teve uma ligação intensa com Florença, que Giorgio Vasari, criador dos Uffizi, hoje o museu de arte mais visitado da Itália.

Torino, denominada a pequena Paris. Foi a capital do Reino Savoia, quando na Itália existia a monarquia. Palácios, cafés e vilas luxuosas são testemunhas de um importante pedaço da história da Itália. E hoje são todas visitáveis.

Urbino, na Região Le Marche, a cidade de Raffaello Sanzio (nasceu il 28 março de 1483) um dos melhores pintores junto a Leonardo da Vinci. Aqui vive um pedaço da história da arte mundial e visitar essa cidade é entender o que Urbino representou para a arte italiana e mundial. 

Milano, na Região da Lombardia. Não é ao conhecimentos de muitos, mas a obra “A última Ceia” de Leonardo da Vinci, encontra-se na cidade mais cosmopolita da Itália, em Milão.
Na igreja
Santa Maria delle Grazie encontra-se uma das obras mais importante do mundo. E' necessário fazer reserva com larga antecedência para poder apreciar. Eu conselho a visita com guia, pois vale a pena.

Essa é a magia da Itália! Em um único lugar é possível ter acesso à beleza, história, arte, cultura, vinho, comida e natureza. 
Tem alguma dúvida?

Baci e Abbracci
Alessandra 


“Alessandra, vive na Região do Piemonte, na Itália há mais de 20 anos.
Adquiriu experiência viajando o mundo à trabalho e continua a viajar descobrindo a autenticidade dos pequenos vilarejos,
o verdadeiro tesouro da Itália. Hoje ela realiza roteiros personalizados pelas suas
Verdes Colinas do Piemonte, onde vive.
Sempre pronta à partir, nos guiará pela Itália com paixão através os seus olhos e a sua experiência adquirida nesses anos vivendo na Itália.